9 maneiras de evitar problemas auditivos


Pode ser fácil ignorar seus ouvidos até que você sinta uma dor repentina ou quando precisa lidar com um zumbido constante. Ou, pior ainda, quando você começa a sentir que não escuta mais como antes. Quaisquer sejam os detalhes, assim que você se der conta de que está com problemas auditivos, você provavelmente se tornará consciente de quão importante é essa parte do corpo.
Se você já sentiu ou está sofrendo com alguma dessas condições, não precisa se desesperar. Os problemas auditivos são bem comuns e podem atingir qualquer pessoa. Felizmente, muitos deles podem ser solucionados com o auxílio de otorrinolaringologista e fonoaudiólogos.
A boa notícia é que você não precisa chegar a esse ponto. Com algumas atitudes é possível evitar complicações na sua saúde auditiva. A seguir, reunimos 9 maneiras simples que você pode fazer para prevenir a maioria dos problemas de audição.

1. Mantenha suas orelhas secas
O excesso de umidade facilita o aparecimento e proliferação de bactérias no canal auditivo. Consequentemente, isso pode causar doenças como otite externa (ou ouvido de nadador) ou outras infecções que afetam a audição.
Portanto, é importante sempre secar os ouvidos com cuidado após tomar banho. Durante a prática de atividades na água, como natação e surf, é recomendável usar tampões. Esses itens vedam totalmente o ouvido e bloqueiam o contato com a água. Ainda assim, vale secar bem a orelha com uma toalha logo após o banho de piscina ou mar.
Se após o contato com a água você perceber que há umidade tampando o ouvido, incline a cabeça para o lado e chacoalhe sutilmente para tirar a água.

2. Não introduza cotonetes nos ouvidos
A prática de usar cotonetes nos ouvidos para limpá-los é fortemente desencorajada pelos médicos. Ainda assim, muitas pessoas ainda insistem em fazer isso. Identificou-se? Se a sua resposta foi positiva, é melhor parar a partir de hoje.
É importante que você saiba que o ouvido é um órgão autolimpante. Além disso, a cera de ouvido desempenha um papel importante: ela lubrifica a pele da orelha e evita a entrada de outras partículas no canal auditivo.
O uso de cotonetes pode causar mais danos do que benefícios ao empurrar a cera de volta para a parte interna da orelha. Nos casos mais graves, isso pode ferir partes sensíveis, como o tímpano.
A melhor maneira para eliminar o acúmulo de cera e manter as orelhas limpas é limpando suavemente a parte externa com uma toalha úmida aproximadamente uma vez por semana.

3. Reduza a pressão no avião
Quando o avião decola ou pousa, é comum sentir uma sensação de ouvido entupido, o que pode abafar o som e causar dor ou desconforto. Isso acontece porque quando um avião decola, a pressão do ar cai e, ao pousar, a pressão aumenta rapidamente. A variação causa um desequilíbrio no ar que passa pela Trompa de Eustáquio, um tubo responsável por manter a pressão nas orelhas médias igual à pressão fora do corpo.
A dor no ouvido durante o voo pode ser evitada tampando o nariz e forçando a respiração, mascando chicletes, simulando bocejos ou usando tampões específicos.

4. Evite sons extremamente altos
A exposição excessiva ao ruído é uma das principais causas de perda auditiva. Então, para proteger sua audição,reduza a exposição a ruídos extremamente altos, como armas de fogo, ferramentas elétricas, motores a jato, explosivos, boates, shows e eventos esportivos.
Você pode evitar os danos em sua audição com atitudes simples:
• afaste-se das fontes de ruídos altos, como alto-falantes;
• tente fazer uma pausa do barulho a cada 15 minutos;
• considere usar tampões de ouvido.

5. Ofereça um tempo de descanso para sua audição
A exposição aos sons do dia a dia, como o barulho do trânsito, aparelhos eletrônicos, entre outros, causa um estresse acústico ao seus ouvidos. Com o tempo, isso pode causar zumbido no ouvido e danos sensoriais na orelha.
Para evitar essas complicações, escolha um local silencioso e ofereça um tempo de recuperação para o seu sistema auditivo todos os dias.

6. Use fones de ouvido com sabedoria
De acordo com o Conselho Federal de Fonoaudiologia (CFFa), o número de jovens com perda auditiva devido ao uso inadequado de fones de ouvido cresce a cada dia. De fato, o uso desses aparelhos em volume excessivo e por muito tempo é uma das principais causas de perda da audição e zumbido no ouvido.
A maneira mais fácil de ajudar a evitar problemas auditivos por causa dos dispositivos de audição portáteis, como smartphones e MP3 players, é seguir a regra 60/60. Ou seja, não escute mais de 60% do volume máximo do aparelho por, no máximo, 60 minutos por dia.
Usar fones de ouvido over-ear – aqueles que ficam na parte externa da orelha e bloqueiam os ruídos externos – também pode ajudar a evitar problemas de audição.

7. Mantenha um estilo de vida saudável
Diversos estudos revelam que pessoas que consomem alimentos saudáveis têm uma melhor audição e que dietas pobres de nutrientes podem aumentar as chances de perda auditiva. Tabagismo e altos níveis de glicose no sangue são outros fatores que contribuem para o surgimento de problemas auditivos.
Então, se você quer evitar danos em seus ouvidos, considere levar um estilo de vida mais saudável. Fazer alguns ajustes nos seus hábitos, como melhorar sua alimentação, praticar atividades físicas e não fumar são alguns exemplos de hábitos que você precisa incorporar em sua rotina.

8. Consulte um otorrinolaringologista regularmente
A audição faz parte do seu bem-estar e saúde de modo geral. Portanto, assim como seus exames de sangue ou acompanhamento cardiovascular, por exemplo, é preciso incluir o acompanhamento auditivo em sua rotina de cuidados com a saúde.
Mesmo antes de apresentar algum problema em seus ouvidos, é indicado que você visite um otorrinolaringologista. Assim, o médico poderá monitorar a sua saúde auditiva e identificar possíveis danos na audição.
Além disso, se você notar algum sinal de dor, infecção nos ouvidos, sangramento ou secreção, consulte seu médico o mais rápido possível.

9. Tenha sua audição testada
Geralmente, a perda auditiva ocorre gradualmente. É por isso é que recomendável realizar testes auditivos com fonoaudiólogos todos os anos. A partir dos exames, os profissionais poderão avaliar a sua capacidade de audição e detectar os primeiros sinais perda auditiva ou outros problemas de ouvido para tratá-los rapidamente.

Existem muitos problemas de audição e é por isso que estamos cada vez mais expostos à perda auditiva. Então, se você quer manter seus ouvidos saudáveis, considere seguir as dicas acima. Quando se trata de saúde auditiva, otorrinolaringologistas e fonoaudiólogos concordam que a prevenção é o melhor caminho.

Tópicos: Sem categoria
arrow-up