Aparelho auditivo e a saúde mental


aparelho-auditivo-e-a-saude-mental

Já parou para pensar qual é a relação entre o uso de aparelhos auditivos e a manutenção da saúde mental? Estudos apontam que a perda auditiva pode estar relacionada ao desenvolvimento de demência e do mal de Alzheimer. Quanto mais severo for o déficit auditivo, maiores são as chances de ocorrer uma desordem cognitiva e o declínio da função cerebral. Mas, mesmo pessoas com perdas auditivas mais leves, podem sofrer com atrofias mentais.

De acordo com uma pesquisa conduzida por especialistas da Faculdade de Medicina Johns Hopkins, uma referência em saúde nos Estados Unidos, a cada dez decibéis perdidos de audição, os riscos de demência aumentam 27%.Leia mais aqui.

Na maioria das vezes, isso acontece porque as perdas auditivas podem criar tensões tão grandes que interferem na cognição normal. Como as pessoas com déficit auditivo tendem a se isolar, a diminuição da interação social pode agravar este problema, ampliando a estagnação mental.

A boa notícia é que o diagnóstico e o tratamento precoces da perda auditiva podem atrasar a progressão da demência e do Alzheimer.

O problema é que a maioria das pessoas com perda auditiva espera até sete anos após o diagnóstico para procurar tratamento. Elas desconhecem o fato de que, quanto antes o déficit for identificado e tratado, menos capacidade de ouvir seja prejudicada. E muitas vezes sofrem para vencer o preconceito na hora de usar o aparelho auditivo.

Saiba como vencer a vergonha de usar o aparelho auditivo!

Muito além da incapacidade de ouvir

Deixar de tratar a perda auditiva pode acarretar uma série de consequências que estão muito além da simples incapacidade de escutar. O declínio da audição pode acelerar as atrofias da massa cinzenta e até interferir na taxa de mortalidade dos pacientes.

Pense nisso: o aparelho auditivo não só melhoram a audição, mas também contribuem para a preservação das funções cerebrais!

 Saiba mais sobre o que considerar antes de comprar um aparelho auditivo aqui!

Tópicos: Aparelhos Auditivos, Perda auditiva
arrow-up