Buzinar em excesso pode causar surdez


O crescimento desordenado das cidades acompanhado da intensa modernização da vida cotidiana tem feito dos ruídos a terceira principal causa de poluição mundial, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

A buzina dos carros, ônibus, caminhões, motos que circulam nas cidades contribui, e muito, para o aumento da poluição sonora. Além de gerar infração de trânsito a buzina pode causar a perda de audição. Essa perda ocorre de forma gradativa, ou seja, quando há exposição contínua a níveis altos de decibéis.

Algumas profissões como: policiais, guardas de trânsito ou até mesmo colaboradores de lojas situadas em ruas movimentadas precisam tomar cuidado. Qualquer som acima de 85 decibéis pode causar problemas graves de audição num prazo de 10 a 15 anos. É importante salientar que a perda auditiva depende tanto da potência do som como do período de exposição ao ruído. Veja abaixo a tabela de intensidade sonora.

Tabela de intensidade sonora

– próximo ao silêncio total – 0 dB

– conversa normal – 60 dB

– voz humana (alta) – 75 dB

– ruído do metrô – 90 dB

– uma buzina de automóvel – 110 dB

– trovão forte – 120 dB

– um show de rock – 120 dB

– um tiro ou um rojão – 140 dB

 

Tópicos: Saúde Auditiva
arrow-up