Como cuidar do seu aparelho auditivo?


como-cuidar-do-aparelho-auditivo

Quanto tempo dura um aparelho auditivo? Perguntas como essa são bastante comuns entre as pessoas com perda auditiva. Para responder esse questionamento, é preciso entender que a vida útil do seu aparelho depende diretamente de cuidados de limpeza e manuseio.

De uma maneira geral, os aparelhos duram, em média, de 3 a 5 anos.  Confira algumas dicas que podem ajudar a prolongar essa vida útil:

  • Manipule seu aparelho auditivo delicadamente e em cima de superfícies macias, evite deixá-lo cair
  • Utilize sempre pilhas adequadas e novas
  • Quando o aparelho não estiver em uso, retire a pilha do compartimento e guarde-o no estojo
  • Coloque o aparelho no desumidificador quando ele não estiver em uso
  • Troque os filtros com frequência para que não haja acumulo de cera
  • Mantenha seu aparelho auditivo limpo e seco
  • Não exponha o aparelho a fontes de calor, de umidade e mantenha-o longe de crianças e animais
  • Caso o aparelho não esteja funcionando, não introduza objetos nele. Procure sua fonoaudióloga!

Mas, cuidados à parte, como saber quando é a hora certa de trocar o aparelho? Em média, ele pode durar de 3 (para intras ou receptores no canal) a 5 anos (retroauriculares convencionais), no entanto, a troca pode ser necessária antes deste período.

Quer uma dica? A Direito de Ouvir te ajuda! Confira alguns sinais de que ele precisa ser substituído:

  • O aparelho parece fraco – A perda auditiva pode evoluir com o tempo e, por isso, a amplificação da prótese pode ficar fraca ou insuficiente para atender as necessidades do paciente. Nestes casos, o paciente ouve, mas o entendimento piora. Se só o “volume” da audição fica baixo, é possível reajustar o ganho. Só que se a capacidade de entender fica prejudicada, é hora de trocar o aparelho.
  • Tem problemas constantes de manutenção  – Se o aparelho começa a apresentar problemas e exige manutenções constantes, pode ser um sinal de que é hora de substituí-lo.
  • Tecnologia ultrapassada – A tecnologia dos aparelhos auditivos não para de evoluir. É comum que os modelos mais antigos não consigam acompanhar as novidades e que isso acabe prejudicando a qualidade de vida dos pacientes. Não tenha medo de pesquisar novas opções caso o seu aparelho não ofereça recursos que possam facilitar sua vida. O investimento em uma nova prótese que atenda melhor suas necessidades é super válido.
Tópicos: Aparelhos Auditivos
arrow-up