Conheça um pouco mais sobre a estrutura do seu ouvido


Apesar da normalidade em se falar de “orelha” ou “ouvido”, ainda é pouco discutido sobre a estrutura interna desse órgão tão essencial para o bom funcionamento do nosso corpo.
Com a principal função de captar sons e decodificar mensagens, o ouvido se mantém como uma estrutura vestíbulo-coclear estabelecida no osso temporal da caixa craniana. Quando um emissor envia uma mensagem, o aparelho auditivo é o primeiro a captar as ondas sonoras – que são enviadas para o cérebro – que decodifica a mensagem e depois é emitida em resposta através da fala.
Todo ser humano responde a estímulos, seja relacionado à audição ou a fala e visão, estímulos esses que são provenientes do ambiente em que estamos. Desenvolvemos a audição por volta das 16 semanas de gestação – quando o feto consegue responder a estímulos do ambiente externo – e que são realizados por meio de ondas sonoras.

Estrutura
Quando falamos de um sistema auditivo, dividimos em 3 partes:
• Orelha interna – cóclea, sistema vestibular e nervo auditivo;
• Orelha externa – estruturada pelo pavilhão auricular e o canal auditivo;
• Orelha média – membrana timpânica e cadeia de ossículos.

Essas partes da estrutura do ouvido são as responsáveis pelas codificações e decodificações das ondas sonoras. Elas captam e transformam as mensagens que são enviadas diretamente ao córtex cerebral e depois decodificadas através da fala, ou seja, o primeiro contato entre uma conversa acontece através das mensagens enviadas para o nervo auditivo.

Cuidados com a área auditiva
Por ser um sistema corporal pouco debatido e negligenciado pelas pessoas, os cuidados com a audição podem ser deixados de lado e muitas vezes acarretar em problemas futuros, visto que a maioria da população em todo o planeta está constantemente exposto a ondas sonoras intensas. Separamos algumas dicas para você cuidar mais da sua audição:
• Se atente ao volume alto de músicas no fone de ouvido por longos períodos, isso pode acarretar sérios problemas a longo prazo;
• Caso as pessoas ao seu redor consigam escutar o som através do seu fone de ouvido, é porque o mesmo está além do volume recomendado;
• Sons automotivos, rádios e televisão devem se manter na metade do volume. O volume máximo desses aparelhos também pode ocasionar problemas;
• Tente procurar ambientes com o máximo de silêncio pelo menos por um curto período de tempo, longe de ruídos intensos;
• Use protetores auriculares, seja em ambientes com muito barulho como comemorações festivas ou no próprio local de trabalho que emite barulhos muito ruidosos e prejudiciais.

Além dos cuidados com a exposição do ouvido à sons intensos, é necessário se atentar aos procedimentos na hora de limpar essa área, que deve ser limpa de maneira correta afim de evitar infecções.
Sempre mantenha os fones de ouvido limpos e longe de sujeiras, pois é um objeto que está adentrado uma parte vulnerável do corpo e pode prejudicar o sistema auditivo. Não aplique cotonetes e nem líquidos de “limpeza”, pois os mesmos podem ocasionar perfurações no tímpanos e problemas maiores. Caso sinta necessidade de uma limpeza profunda no ouvido, procure um otorrino imediatamente e atente-se aos cuidados necessários prescritos pelo especialista.

Tópicos: Sem categoria
arrow-up