Museu do Aparelho Auditivo


Vocês conhecem um pouco sobre a história dos aparelhos auditivos?

Estes equipamentos tem sua história marcada desde o ano de 1588, onde Giovanni Battista Porta (1535-1615), médico italiano, cientista e criptógrafo, descreveu alguns aparelhos auditivos iniciais na Magia Naturalis. Os aparelhos auditivos eram feitos de madeira e em forma de orelhas de animais (conhecidos por ter uma audição aguçada).

Já em 1800Frederick C. Rein estabelece FC Rein e Filho em Londres. É a primeira empresa conhecida para a fabricação de aparelhos auditivos em uma base comercial. Os primeiros produtos a serem vendidos eram aparelhos não elétricos, como trombetas de ouvido e urnas acústicas.

É importante saber como tais equipamentos sofreram mudanças, e que hoje, são tão modernos que só tendem a integrar e facilitar a vida dos deficientes auditivos.

A Rede de Clínicas Direito de Ouvir detém do principal acervo do país relativo a evolução dos aparelhos auditivos. Atualmente são cerca de 358 itens museológicos à disposição de pesquisadores e demais interessados em conhecer um pouco mais sobre o tema. O Museu do Aparelho Auditivo é o primeiro no Brasil e quarto no mundo. Surgiu em 2007 com a iniciativa de Frederico Vaz Guimarães Abrahão, diante de sua paixão pela relevância da trajetória do aparelho auditivo e pelo zelo da história desses instrumentos. O Museu situa-se na cidade de Franca, e possui uma variedade de aparelhos datados desde o século XIX.

O Museu do Aparelho Auditivo é aberto ao público e é uma instituição sem fins lucrativos. Conheça mais acessando: http://museudoaparelhoauditivo.com.br ou agende uma visita pelo telefone: (16) 3720 4562 ou pelo email: museu@direitodeouvir.com.br

Tópicos: Aparelhos Auditivos, Direito de Ouvir, Museu do Aparelho Auditivo
arrow-up