Paul Stanley da banda Kiss fala sobre perda auditiva


O programa da CNN Human Factor traça perfis de sobreviventes que superaram adversidades. Enfrentando um obstáculo – ferimentos, doenças ou outras dificuldades – eles fizeram uso de sua força interior e encontraram um poder de superação que não imaginavam possuir. Em junho de 2011 o guitarrista/vocalista do KISS Paul Stanley explicou no programa como ele se tornou o frontman de uma das bandas de rock mais bem sucedidas nos Estados Unidos, apesar de haver nascido surdo de seu ouvido direito.

Diz Stanley: “Eu nasci com Microtia de nível 3, que é uma deformidade congênita da cartilagem do ouvido externo e ocorre em aproximadamente 1 de 8.000 a 10.000 nascimentos. Não há canal auditivo e caminho direto às funcionalidades internas do ouvido. Exceto por uma condução óssea, eu sou virtualmente surdo do lado direito, uma vez que não há acesso para o som entrar.”

“Eu fiz um implante auditivo há uns dois anos. É um dispositivo que é usualmente dado a crianças mais novas ou a adultos que perderão a audição em virtude de alguma condição médica. Isso foi um ajuste contínuo para mim pois meu cérebro jamais processou som vindo do meu lado direito. No início, foi incrivelmente penoso e extremamente confuso. Seria como se você de repente estivesse desenvolvendo um olho atrás de sua cabeça. Assim, foi se ajustando um pouco e devo dizer, melhorou minhas atividades corriqueiras.”

Fonte: http://whiplash.net

 

Tópicos: Sem categoria
arrow-up