Presbiacusia – A perda auditiva relacionada à idade


A perda auditiva pode estar relacionada a diversos fatores que afetam a saúde auditiva, entre eles a genética, a exposição a ruídos, o acúmulo de cera no canal auditivo, as Otites, algumas doenças como: Rubéola, Varíola ou Toxoplasmose, e até mesmo ao envelhecimento, também conhecida como Presbiacusia, ou seja, a perda auditiva relacionada à idade.

É muito comum os indivíduos serem afetados em sua capacidade auditiva ao envelhecer, o motivo ainda é desconhecido, e é possível que ocorra mais em algumas famílias que em outras. Essa interferência não ocorre somente na capacidade de ouvir sons, mas também no entendimento das conversas diárias.

A Presbiacusia é considerada uma das causas mais comuns de perda auditiva nos adultos, sendo que fatores como doenças sistêmicas ou até hábitos inadequados podem agravar esse quadro de perda auditiva. Ela se manifesta de forma lenta e com o passar dos tempos vai progredindo, sendo que a percepção desta irá ocorrer quando notado alguma dificuldade de ouvir a linguagem falada.

Com o envelhecimento, o aparelho auditivo também irá envelhecer ainda que progressivamente, afetando assim, as estruturas constituintes dos ouvidos. Aos poucos os elementos localizados na cóclea do ouvido interno irão se atrofiar, ocorrendo à contínua perda das células ciliadas, levando assim, a perda auditiva.

A Direito de Ouvir dispõe de um laboratório interno especializado em manutenção de aparelhos auditivos, além de uma equipe de fonoaudiólogas que realizam a checagem e acompanhamento destes aparelhos. O paciente recebe todo acompanhamento pré e pós venda para que sua adaptação seja a melhor e mais rápida possível. Cadastre-se pelo http://www.direitodeouvir.com.br/cadastroPaciente.php ou tenha mais informações pelo 0800-941-5330.

Tópicos: Perda auditiva, Presbiacusia, Saúde Auditiva
arrow-up