Projeto distribui celulares com tradutor de voz para deficientes auditivos


Laura Gomes, secretária estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSDH), e Marcelino Granja, secretário estadual de Ciência e Tecnologia (SECTEC) anunciaram na sede da SEDSDH, o Projeto Nambiquara (termo indígena que significa orelha grande) “Audição Digital”, destinados as pessoas com deficiência auditiva. O Nambiquara que está em fase experimental, tem por objetivo disponibilizar para esse público específico, aparelhos de telefonia móvel e/ou de uso de software tradutor de voz.

São 621 aparelhos celulares adquiridos com capacidade de executar o sistema desenvolvido e testá-lo, para transformá-lo em um produto comercial acessível a todos as pessoas que possuem deficiência auditiva. A princípio serão selecionados 621 pessoas com deficiência auditiva, que receberão aparelho e software tradutor de voz e até 2.379 usuários que já possuam aparelhos compatível com o sistema desenvolvido (sistema operacional Android 2.2, ou superior). Neste caso só receberão apenas o software tradutor de voz. A aquisição dos equipamentos deve-se a uma emenda parlamentar do ex-deputado estadual Luciano Siqueira (PCdoB), atual vice-prefeito do Recife.

Para Laura Gomes, secretária da SEDSDH, este é mais um avanço que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de ciência e Tecnologia, vem realizando em prol da pessoa com deficiência. “Os direitos humanos sempre presente no que desenvolvemos. Essa parceria das duas secretaria (SEDSDH e SECTEC), está sendo positiva.

Na última sexta- feira, dia 06, as Secretarias de Ciência e Tecnologia (Sectec) e de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (Sedsdh) entregaram os primeiros celulares do Projeto Nambiquara “Audição Digital”. Os beneficiados são 42 pessoas com deficiência auditiva selecionadas em edital.

A entrega acontece às 14h no auditório da Sectec, na Rua Vital de Oliveira, 52, Bairro do Recife. O Projeto prevê a concessão de aparelhos de telefonia móvel e de uso de software tradutor de voz para 621 usuários que se mostraram interessados em participar como voluntários e em caráter experimental, das ações do Nambiquara. Os demais usuários irão receber os celulares na próxima semana. Ao todo, estão sendo investidos R$ 533 mil.

O Projeto de Telefonia para surdos é um teste de campo para pesquisa de inclusão de deficientes auditivos à rede de telecomunicações móvel. De posse dos aparelhos celulares, os primeiros beneficiados poderão executar o sistema desenvolvido e testá-lo para transformá-lo em um produto comercial acessível a todos os deficientes auditivos. Os 621 aparelhos foram comprados pela Sectec no final de 2012.

O Nambiquara “Audição Digital” contempla não apenas a cessão de aparelhos para os 621 beneficiados, mas também a cessão de uso do software e acesso aos servidores a qualquer deficiente que já disponha de aparelho compatível (sistema operacional Android 2.2, ou superior) e que queira contribuir com essa etapa de desenvolvimento do sistema. O sistema comporta até 3 mil usuários simultâneos.

A Rede de Clínicas Direito de Ouvir é uma empresa especializada em aparelhos auditivos, oferecendo atenção e carinho aos pacientes pré e pós venda. Acesse: http://direitodeouvir.com.br/cadastroPaciente.php e faça seu cadastro que entraremos em contato contigo para agendar uma consulta com um fonoaudiólogo!

Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br

 

Tópicos: Fonoaudiólogos
arrow-up