Exposição ao ruído e perda auditiva sensório-neural


ouvido-perda-auditiva-sensorio-neural

Você sabia que a exposição excessiva a ruídos pode provocar perda auditiva sensório-neural? Para entender porque isso acontece é preciso compreender o funcionamento da nossa audição.

Nosso ouvido é um importante órgão do corpo humano que além de captar, receber e interpretar ondas sonoras é indispensável para a comunicação e o equilíbrio do corpo. Basicamente nosso ouvido é composto por três partes principais: ouvido externo, ouvido médio e ouvido interno. Essas são responsáveis pelas transformações do som até chegar ao nosso cérebro.

Como ocorre a perda auditiva sensório-neural

Quando há uma redução ou perda total da audição estamos diante da deficiência auditiva que pode acontecer por vários motivos. O tipo mais comum é a sensório-neural que pode ter origem na orelha interna (cóclea) ou ao longo das vias neurais. Estudos apontam que essa perda auditiva pode ser tanto de nascimento ou adquirida ao longo da vida.

A perda sensório–neural acontece quando há uma menor eficiência na transmissão dos sons, geralmente causada por redução ou dano nas terminações nervosas tablets for weight loss. O resultado é uma diminuição na percepção da intensidade e na qualidade do som que afetam na forma de ouvir os barulhos e entender a fala.

Principais causas deste tipo de perda auditiva

Existem muitas causas para a perda sensório-neural entre elas: fatores hereditários, infecções virais e de ouvido, exposição ao ruído excessivo, envelhecimento, meningite entre outras. O tratamento pode ser feito com aparelhos auditivos que tem a função de ampliar o som para compensar essas perdas.

O recomendável é que ao perceber qualquer sinal de perda auditiva procure imediatamente um profissional devidamente habilitado capaz de identificar a deficiência auditiva.

 

Tópicos: Aparelhos Auditivos, Sem categoria
arrow-up