Ruídos em casa? Perigo à saúde!


Segundo a Organização Mundial de Saúde o barulho acima do recomendável é o terceiro lugar no ranking de problemas ambientais que afetam a população, perdendo somente para a poluição do ar e da água, respectivamente.

Já parou pra pensar que o ruído proveniente de sua própria casa pode afetar a sua saúde? É isso mesmo.  Ao realizar as atividades rotineiras não nos damos conta do quão expomos os ouvidos a níveis de ruídos que no decorrer do tempo pode agravar a nossa saúde e qualidade de vida.

Contrário à longa exposição de ruídos internos, a exposição a ruídos externos, tais como barulhos de uma construção, shows, trânsito, afeta diretamente a nossa audição, levando a sua perda, ainda que parcialmente. Já no caso dos então esquecidos ruídos internos, o agravante será na qualidade de vida das pessoas, afetando o humor, a disposição, o sono, levando a ansiedade, estresse e dores de cabeça.

Os ruídos internos podem advir de equipamentos necessários nos afazeres domésticos, tais como as máquinas de lavar, as geladeiras, liquidificadores, batedeiras, a própria televisão e o rádio. O recomendável é sempre estar atento quanto a estes ruídos e ao intervalo de exposição aos mesmos. Uma das dicas para amenizar este mal é fazer uso de tecidos flexíveis e macios, como algodão e veludo, em cortinas, pois estes emitem menos ruído.

Vale ressaltar que ao apresentar qualquer alteração em sua qualidade de vida, bem como eu sua capacidade auditiva, consulte um médico o quanto antes.

 

Tópicos: Saúde Auditiva
arrow-up