São Paulo terá delegacia para deficientes


O Governo do Estado de São Paulo criou, no dia 03 de janeiro, a primeira delegacia especializada no atendimento de pessoas com deficiência do país. Seu objetivo será proteger e coibir qualquer tipo de crime contra essa população.

Para que a delegacia funcione de forma eficiente uma equipe multidisciplinar composta por intérpretes de libras, psicólogos e assistentes sociais, além de policiais capacitados estarão à disposição para atender qualquer tipo de ocorrência.

A dificuldade na comunicação é uma das causas que impedem o deficiente auditivo de não denunciar a violência sofrida. Para isso, alguns recursos estarão disponíveis na delegacia para facilitar a comunicação e os auxiliem no momento da assinatura de um documento, por exemplo.

A iniciativa deve servir de modelo para orientar outras unidades policiais a adotarem novas abordagens direcionadas a esse tipo de público. Cursos de capacitação serão feitos com policiais e demais profissionais dessas delegacias.

Os trabalhos da nova delegacia deverão começar ainda no primeiro semestre desse ano e estarão disponíveis para uma população de 9 milhões de pessoas em todo o estado de São Paulo, sendo 3 milhões só na capital.

 

 

Tópicos: Aparelhos Auditivos
arrow-up