6 sinais de perda de audição


6 sinais de perda auditiva

É importante ficar atendo aos primeiros sintomas

A perda auditiva é gradual e na maioria das vezes não percebemos ao certo o que está acontecendo. É por esse motivo, que é preciso ficar atento aos sinais que o corpo mostra aos poucos. Afinal, o quanto antes for realizado o diagnóstico e iniciar o tratamento, melhor para o paciente.

A fonoaudióloga da Clínica Direto de Ouvir, Andréa Varalta Abrahão, explica que dependendo da perda auditiva ela pode ser recuperada. “Algumas perdas podem ser causadas por infecções no ouvido e podem ser tratadas com medicamentos. Em outros casos, existe indicações de cirurgia e, algumas vezes, há perda de células. Nesse caso, é irreversível. ”

Quem define o diagnóstico e origem da lesão é o médico otorrinolaringologista, é ele, que vai indicar o melhor tratamento. Por isso, que é de extrema importância ficar atendo aos sinais, que são alertas para procurar um especialista.

Alerta para as mães

No caso dos bebês, os pais devem observar os barulhos ou ruídos que ele faz nos primeiros meses de vida. “ Nos primeiros meses de vida a criança precisa começar a fazer alguns barulhos com a boca, tentando expressar alguns sons, essa ação é importante acontecer pelo menos até os seis meses de vida” alerta a fonoaudióloga.

Já para as crianças, o baixo desenvolvimento escolar pode indicar perda auditiva. Brincadeiras também podem auxiliar no processo de descoberta da deficiência auditiva. Se a criança pede para repetir várias vezes uma informação pode ser sinal de perda auditiva, explica Andrea.

Adultos e Idosos

Em adultos e idosos é mais fácil identificar alguma perda auditiva, porque ele mesmo, na maioria das vezes, consegue perceber que algo pode estar errado. Nesses casos, o principal sintoma é dificuldade para ouvir aparelhos eletrônicos. Um sintoma recorrente é aumentar o volume do rádio e da televisão, grande parte das pessoas não assumem que esse hábito pode ser um sintoma de perda auditiva. O alerta é sempre estar atento aos familiares para a possível identificação da patologia.

É preciso ficar atendo aos sintomas

Você sempre pede aos outros para se repetirem?
Tem amigos ou familiares que dizem que você não ouve bem?
Deixa a TV ou o rádio em volume mais alto do que os outros?
Tem dificuldade em entender conversas com ruídos ao fundo?
Consegue acompanhar conversas em grupo?
Sente dificuldade em identificar de onde os sons estão vindo?

Se você respondeu sim a mais de três questões, você pode ter perda auditiva. Nesse caso, procure um especialista

https://www.direitodeouvir.com.br/agende-sua-consulta

 

 


	
Tópicos: Avaliação Auditiva
arrow-up