Uso do aparelho auditivo previne depressão


uso-do-aparelho-auditivo-previne-depressao

Pessoas com perda auditiva que não usam aparelho auditivo têm 5% mais chance de desenvolver depressão se comparados a pessoas que fazem uso das próteses. Ou seja: o uso da prótese auditiva ajuda a prevenir casos de depressão

É o que revelou um estudo conduzido pelo Conselho Americano sobre Envelhecimento, com 2.304 pessoas, e apresentado na Convenção da Associação Americana de Psicologia de Toronto, no Canadá.

O isolamento social também pode aumento o risco de desenvolver algum tipo de demência. O problema é que os problemas auditivos na terceira idade frequentemente não são tratados porque não recebem a devida importância ou não são vistos como uma doença.

De acordo com a pesquisa, pessoas com perda auditiva esperam, em média, seis anos depois do aparecimento dos primeiros sinais de perda de audição para procurar ajuda médica.

O levantamento mostrou ainda que dois em cada três idosos acima de 70 anos jamais utilizaram um aparelho de surdez, como são chamados popularmente, mesmo tendo necessidade. E só 16% dos adultos entre 20 e 69 anos que apresentaram dificuldade para ouvir tentaram usar aparelhos auditivos.

Os fatores que dificultam a adoção do dispositivo são: a negação da dificuldade para ouvir e a falta de entendimento sobre a importância da audição para evitar problemas como depressão. A vergonha de usar as próteses também pesou neste resultado.

Conheça cinco motivos para usar aparelho auditivo!

Convencer as pessoas a usarem aparelhos auditivos é fundamental para ajudar a retomar o controle sobre a vida e atingir a estabilidade emotiva e o funcionamento cognitivo, concluíram os pesquisadores que conduziram o estudo.

COMO SABER SE VOCÊ PRECISA USAR APARELHOS AUDITIVOS?

Uma série de sinais pode indicar que uma pessoa sofre de perda auditiva e precisa usar aparelho auditivo. Para identificar esses indícios, é preciso observar alguns comportamentos no dia a dia. Conheça algumas situações que podem indicar déficit auditivo:

  • Quando a pessoa passa a não entender direito o que é falado ao telefone ou em locais mais barulhentos
  • Quando ela passa a achar que o tom de voz normal é um sussurro
  • Se ela têm necessidade de aumentar muito o som da TV ou do rádio para conseguir entender as coisas que estão sendo apresentadas
  • Se ela não entende o que as pessoas dizem e, por vergonha, acaba dando respostas erradas às perguntas
  • Quando ela pede com frequência para que as pessoas repitam o que disseram
  • Se ela não consegue ouvir sons que todas as outras pessoas da casa ouvem
  • Quando a pessoa percebe o surgimento de zumbido no ouvido
  • Se a pessoa começa a se isolar porque tem dificuldade para entender o que os outros dizem
  • Quando a pessoa ouve mas não entende o que as pessoas falam

Entenda como a perda auditiva acontece e quais os seus graus!

Tópicos: Aparelhos Auditivos, Perda auditiva, Saúde Auditiva, Sem categoria
arrow-up