Você realmente conhece a Audiologia?


voce-realmente-conhece-audiologia

Não importa se faz pouco ou muito tempo. Se você se formou em Fonoaudiologia, deve ter aprendido nas aulas da faculdade o que é Audiologia. Mas você realmente sabe o que este segmento realmente pode fazer por você? Pela sua carreira e por seus sonhos profissionais?

Acreditamos que a resposta seja: não.  Não, você não sabe e a culpa não é sua. O que acontece é que o lado “fono” costuma chamar muito mais atenção do que o “áudio”.

A maioria dos fonoaudiólogos entra na faculdade com o objetivo de ter aquele contato direto com o paciente. Com aquela vontade de fazer parte do seu desenvolvimento, de ajudá-lo a se superar. E muitas vezes acaba relacionando todo esse sentimento às terapias e tratamentos voltados à reabilitação da voz e da fala.

Esqueça tudo o que você já ouviu sobre Audiologia

A Audiologia, muitas vezes, tem uma imagem impessoal, comercial. Mas se engana profundamente quem pensa que fazer a adaptação de aparelhos é um processo frio, mecânico, focado no lucro.  Participar da adaptação de uma prótese auditiva é mudar para melhor a vida de um paciente, ajudá-lo a resgatar pequenos – ouvir o barulho da chuva – e grandes – recuperar sua vida social – prazeres.

Quebre o estigma! Conheça o que a Audiologia pode oferecer para você e sua trajetória profissional!

Transformar a vida dos seus pacientes

Pessoas com perda auditiva chegam ao consultório muito angustiadas por não poder escutar. Muitas vezes sofrem pressões da família, estão isoladas da sociedade por não ouvir direito. É um sofrimento diário – ainda mais se o paciente estava há anos na fila do SUS. Com a adaptação do aparelho auditivo, o paciente percebe na hora que sua vida pode mudar – e como muda! É só ligar a prótese para ele sentir a diferença. É claro que a adaptação é um processo que exige tempo e dedicação – nem sempre é fácil reaprender a ouvir, nem sempre o paciente se adapta facilmente. Mas é emocionante ver nos olhos deles todo o potencial de transformação de um aparelho. E num processo relativamente rápido: em um mês, em média, ele já pode estar adaptado e levando sua vida como antes: sem se isolar, escutando a esposa, fazendo as atividades que gosta…

Realização profissional

A reabilitação auditiva dos pacientes é muito gratificante. Não tem nada de frieza no dia a dia do audiologista. É claro que os softwares ajudam na coordenação da perda auditiva com o aparelho ideal, mas vale lembrar que eles não fazem tudo sozinhos. E não substituem o contato pessoal.  O fonoaudiólogo que trabalha como audiologista precisa estar atento às necessidades de seu paciente. O retorno deles serve como combustível para a maioria dos audiologistas. E o melhor é que essa área une dois objetivos de todos os profissionais: fazer o que gosta e ganhar bem por isso!

Novos desafios

A Audiologia é um segmento que não para de crescer. Os aparelhos auditivos têm evoluído constantemente para oferecer mais conforto e recursos para seus pacientes. É um segmento dinâmico, com desafios constantes. O profissional precisa estar sempre atualizado com as novidades – ou seja, esqueça a mesmice.

Retorno financeiro

A Audiologia é a área mais rentável da Fonoaudiologia. Alguns audiologistas chegam a faturar R$ 20 mil por mês. Aí surge um ponto polêmico. Muitos profissionais pensam que para se dar bem nessa área é preciso “empurrar o aparelho para o paciente” independentemente do que ele queira ou necessite. Essa é uma visão totalmente errônea. Existem no mercado empresas sérias e éticas – como a Direito de Ouvir – que se preocupam com o paciente em primeiro lugar. Tanto que oferecem para eles a possibilidade de testar gratuitamente um aparelho auditivo por 7 dias. Isso mesmo, sem nenhum compromisso.  E que oferecem uma rede de suporte técnico e comercial para oferecer o aparelho ideal para a perda auditiva e o bolso do paciente.

Quer trabalhar com Audiologia e não sabe como? Clique aqui!

 

 

 

 

Tópicos: Fonoaudiólogos
arrow-up