Zumbido: sintoma de que algo está errado no organismo


labirintite-principais-sintomas

Você sabia que o zumbido não é uma doença, mas é um sintoma que tem origem no ouvido, mas pode estar associado a algum problema de saúde?

Estima-se que cerca de 30 milhões de brasileiros já vivenciaram este sintoma em algum momento de sua vida. Segundo o Instituto Ganz Sanchez, referência no assunto, os casos de tinido – como o problema também é conhecido – costumam ser associados a outros sintomas, como perda auditiva (90%), tontura, vertigem e intolerância a sons (20 a 40%) lose weight fast.

O tipo do zumbido pode variar de pessoa para pessoa. Alguns dos barulhos mais associados a ele costumam ser apito, chiado, cigarra, grilo, panela de pressão, cachoeira e chuva.

Por que o zumbido acontece?

O zumbido acontece quando as vias auditivas passam a enviar impulsos mesmo sem que haja uma fonte sonora que os envie. Por ser constante, ele pode afetar o sono, a concentração e o equilíbrio emocional.

As centenas de causas do zumbido também fazem com que não exista um tratamento único. Em mais de 70% dos pacientes já consegue ter melhora parcial do zumbido quando um tipo de tratamento é bem indicado.

Mudanças de hábitos podem ser uma ótima solução, mas elas exigem esforços que nem sempre são fáceis. Confira algumas transformações no estilo de vida que podem ter um excelente impacto na redução do zumbido.

REDUÇÃO DO COLESTEROL RUIM

A gordura obstrui as artérias, entre elas a auditiva, o que dificulta a chegada do oxigênio aos nervos do ouvido interno.

NÃO AO CIGARRO

As substâncias nocivas do tabaco também dificultam a oxigenação no organismo, causando falhas na audição.

BASTA À MÚSICA ALTA

A exposição prolongada a altos volumes pode prejudicar o envio de ondas sonoras para o cérebro.

MENOS AÇÚCAR , CAFÉ  E ÁLCOOL

Quando secretada em excesso no organismo, a insulina pode prejudicar os estímulos elétricos das vias neurais  que levam informações do ouvido para o cérebro. Já o café, se consumido em grandes quantidades, pode aumentar demais o fluxo sanguíneo, causando distúrbios auditivos. No caso do consumo de álcool, o cérebro passar a receber informações erradas sobre nossa posição no espaço, provocando vertigem e ruídos.

Saiba mais sobre tratamentos de zumbido aqui.

Tópicos: Zumbido
arrow-up